AMVIRO PROMOVE SEGURANÇA RODOVIÁRIA

Associação Moçambicana para as Vítimas de Insegurança Rodoviária (AMVIRO) em parceria com o Instituto Nacional de Transporte Terrestre (INATTER) e a Policia promove campanha de Segurança Rodoviária
Decorreu no sábado último a 2ª Edição do concurso Segurança Primeiro em Nhongonhane no distrito de Marracuene na província Maputo,um programa para promoção da segurança rodoviária lançado no último pela Associação Moçambicana para as Vítimas de Insegurança Rodoviária (AMVIRO) em parceira com sectores privados e públicos, tem como objectivo sensibilizar e estimular a todos os condutores das regras de trânsito.

Por: João Mulhanga(Rádio Voz Coop)

Alexandre Nhampossa, presidente da Associação Moçambicana para as Vítimas de Insegurança Rodoviária diz que esta 2ª edição reflete dos bons resultados obtidos durante a primeira edição, que abrangeu mais de 700 condutores dos quais 15 foram premiados, recebendo diversos estímulos. “Ambicionamos que esta edição abranja cerca de 1000 condutores ou seja têm 200 bilhetes disponíveis para distribuir a todos que tiverem legal semanalmente…”, Acrescentou Nhampossa.
O Presidente Associação Moçambicana para as Vítimas de Insegurança Rodoviária disse que o concurso segurança primeiro para os condutores é uma plataforma que AMVIRO e parceiros desenvolver com objectivo de estimular os condutores legais que cumpram com as regras de trânsito, encontramos sempre um grupo de péssimos condutores e outros bons, onde os bons devem tornar-se melhores e os péssimos forem mais além, com a experiencia da 1ª edição tivemos bons condutores e ainda melhores.

“ Pouco mais de 30-40 condutores que cumprem com as regras de trânsito e que não tenham conhecimento de que existia esse concurso, foram encontrados de surpresa, com isso estamos a dizer que em Moçambique tem bons condutores”, explicou Nhampossa. Esta edição vai durar 5 meses, onde a entrega de prémios será feita nas quintas-feiras de todos finais de mês aos condutores que forem sorteados.

Alexandre Nhampossa frisou que o Projecto Segurança Primeiro está a ser desenvolvido em todo Maputo abranger, onde primeiramente foi na Estrada Nacional n°2 na Matola Rio e os parceiros escolheram o distrito de Nhongonhane para a segunda edição porque é onde mais fiscalizadores têm, mais o concurso será realizado em todas as artérias da cidade de Maputo província, nomeadamente nas principais estradas.

O presidente da Associação Moçambicana para as Vítimas de Insegurança Rodoviária apelou a todos que respeitem e cumpram as regras não só para aceder ao concurso mais para que essa seja uma condução e conduta ordenaria, mas conforme o projecto diz segurança em primeiro, isto é o condutor deve pegar no seu automóvel avaliar os aspectos básicos de risco de passageiro antes de tomar qualquer que seja o transporte seja ele superlotado, mais também certificar as regras quando estiver na via pública, esses aspectos são os que o projecto segurança em primeiro está a vender, aconselhar, onde cumpridas estas regras e sinal de minimizar as sinistralidades rodoviárias que assistimos todos dias nas nossas estradas.

O Coordenador da Segurança Rodoviária ao nível da Cidade de Maputo Abrive Vicente diz que o papel do Instituto Nacional de Transporte Terrestres neste projecto é garantir que as medidas profiláticas e correctivas que estão a ser implementadas pelo AMVIRO em parceria com a Mozal, e que para além do trabalho que está a ser feito da verificação do estado mecânico das viaturas, caso concreto da inspeção, estado da carta de condução, tem-se feito trabalhos a nível das escolas ao nível da cidade de Maputo estão a colocar sinais, passadeiras para melhor circular de pessoas e viaturas.

Abrive Vicente acrescenta que o trabalho que tem sido feito com AMVIRO tem a ver com a promoção das actividades correctivas, estão nesse projectos a polícia de trânsito a verificar o estado, fornecendo aos técnicos do Associação Moçambicana para as Vítimas de Insegurança Rodoviária os documentos que devem estar no veículo para que o condutor seja admitido na via pública.

Rodrigues Tchabava do Departamento da Policia de Transito diz que esta iniciativa serva para a educação dos cidadãos, e que a 2ª edição deste concurso visa chamar atenção, consciencializar, educar os automobilistas e todos os utentes da via pública sobre a necessidade da observância das regras básicas de trânsito. 

Os índices dos acidentes de trânsito têm aumentado devido ao mau comportamento dos automobilistas e não só, porque os utentes também influenciam para estes acidentes, nos últimos dias temos registados acidentes dos quais choques entre carros, despistes, capotamento e outros tipos porque os automobilistas tende a não respeitar as regras de trânsito, desta forma digo esta iniciativa é louvável e boa para a mudança de comportamento de todos envolvidos.

Rodrigues Tchabava acrescentou que com este concurso é positivo e produtivo porque participa aquele automobilista que estiver devidamente identificado ou legar, isto é carta de condução, livrete a inspeção, o seguro e todos acessórios exigidos por lei. Este pode sim participar do concurso porque incentiva-os a regularizar a sua documentação á a todos a observar as normas da 2ª edição é para todos os automobilistas que estão devidamente ou seja com todos os acessórios em condições. 

EDITORA: Angélica Miranda
AMVIRO PROMOVE SEGURANÇA RODOVIÁRIA AMVIRO PROMOVE SEGURANÇA RODOVIÁRIA Reviewed by Rádio Voz Coop on julho 08, 2019 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.