Observadores da CPLP classificam positivamente o processo das Autárquicas de 10 de Outubro

um grupo formado por 18 observadores eleitorais da CPLP, esteve no terreno durante o processo de votação ocorrido a 10 de Outubro em todas 53 autarquias de Moçambique. O objectivo da sua presença no território Moçambicano era a observação das eleições autárquicas. 


O grupo dividiu-se em 7 parcelas as quais trabalharam nas cidades de Nampula, Beira, Quelimane, Maputo cidade e Matola. Durante a conferência de Imprensa dada na última sexta-feira em Maputo, o embaixador da CPLP, AMILCAR SPENCER LOPES, disse que o processo decorreu na normalidade e não houve atrasos na generalidade, o que é desmentido pela equipa de repórteres da rádio Voz Coop que fez a cobertura completa do processo de votação e divulgação preliminar dos resultados a nível nacional. Para a tristeza dos moçambicanos os observadores em causa afirmam não ter assistido qualquer incidente eleitoral durante o seu trabalho.
Matola uma das autarquias com resultados polémicos, a missão da CPLP destacou a supervisão de 28 mesas e segundo explicou Lopes, a equipa não poderá permanecer no país até a divulgação dos resultados definitivos devido a custos financeiros.
Observadores da CPLP classificam positivamente o processo das Autárquicas de 10 de Outubro Observadores da CPLP classificam positivamente o processo das Autárquicas de 10 de Outubro Reviewed by Rádio Voz Coop on outubro 15, 2018 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.