Meninos de Moçambique inauguram um Centro Educativo e Recreativo no bairro Luís Cabral - Rádio Voz Coop

Breaking

Esta é a Rádio Comunitária "A Voz da Cooperativa". Notícias de Moçambique e do Mundo na nossa página. A melhor parte da comunicação social em Moçambique. As rádios comunitárias são oficialmente a melhor cobertura de mídia em Moçambique, cubrindo mais de 75% do território nacional.

ESTE ESPAÇO PODE SER SEU. LIGUE 826662220

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Meninos de Moçambique inauguram um Centro Educativo e Recreativo no bairro Luís Cabral

A Associação  Meninos de Moçambique, inaugurou ontem em Maputo, um centro educativo e recreativo.



A infra-estrutura em alusão está sedeada no bairro Luís Cabral, Distrito Municipal KaMubukwane e teve o apoio financeiro da União Europeia. Este centro vai servir crianças, adolescentes e jovens, no desenvolvimento da sua vida na família e comunidade.
Na ocasião, o Director da Associação Meninos de Moçambique, Abdul Faquir, explicou que a construção do centro centra-se na estratégia de apoio a pessoas cuja situação social e económica é fraca e vulnerável, bem como crianças de rua.
´´Também criar condições para que possamos promover a mudança de comportamento social. Pensamos que com as crianças possamos atingir os progenitores bem como a comunidade no geral,`` disse Abdul Faquir.
A Associação Meninos de Moçambique, para além de oferecer apoio social, também tem a disposição um espaço para o desenvolvimento de actividades culturais, como Dança e Teatro Infantil.
Isabel Almeida, Chefe de Cooperação da União Europeia em Moçambique, explica que a realização deste projecto é de suma importância, pois vai permitir que a Associação dê apoio às crianças mais carentes do bairro Luís Cabral.
Por seu turno, o assistente do Secretário do bairro Luís Cabral, Jaime Salvador, a iniciativa é louvável e espera que mais projectos do Gênero sejam realizados.
Para terminar, o Director da Associação Meninos de Moçambique, Abdul Faquir, esclareceu que, aquela infra-estrutura, mostra que os associados fazem parte do bairro e dos problemas diários do mesmo bem como da solução.

Enviar um comentário