Qualidade de ensino nas escolas primárias e secundárias assunto que precisa de uma reflexão e discussão a sério

A fraca qualidade de ensino que se tem verificado nos últimos anos tem feito com que a sociedade marque a diferença do antigo ensino e o actual.
Resultado de imagem para como escrevem os jovens hoje em dia
Imagens ilustrativas


Moçambique outrora apresentava uma educação positiva cujo processo estava centralizado no professor, isto é, o professor é que era o principal responsável em distribuir competências aos alunos o que lhes permitia uma boa assimilação do aprendizado, o que resultava em crianças da 2ªclasse sabendo ler e escrever com uma caligrafia quase legível e com conhecimento superficial da tabuada.
Porém o que temos vistos ultimamente são adolescentes já em classes avançadas que não sabem escrever e ler, muito menos tabuada. Transitam de uma classe para outra sem nenhuma bagagem e quase ninguém está atento a isso e assim esse processo vai se alastrando sabe se lá ate quando e devido a esses porém vemos governantes, dirigentes que se apoiam em folhetos só para fazer um discurso que dura no máximo 10 minutos.
Interpelados pela nossa equipe de reportagem fontes dizem que isso é devido a ausência dos professores nas salas de aulas e os desgostos de mísero o salário.
Com o anseio de ver esta situação melhorada, os nossos entrevistados apelam a quem de direito para observar isso e tomar medidas, pois segundo nossos interlocutores a  nova geração será uma falha a todos níveis.
A educação não só depende do aluno, mas também da forma como o professor transmite a informação.

Por: Sónia Macucule



Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.