Nos dias que correm aumentam casos de burla em Maputo

Casos de burla têm vindo a aumentar na cidade e província de Maputo nos últimos tempos, facto que tem preocupado utentes e autoridades da polícia que tem batalhado para tentar combater este mal.
Imagem relacionada

Actualmente, vivemos numa sociedade permanente ligada a internet, as novas tecnologias e as redes sociais. Com essa permanente conectividade com o mundo designadamente na rede social facebook, surgem os chamados fenómenos de criação de perfis falsos.
Pelo fácil acesso a internet os consumidores conseguem encontrar, comprar e adquirir produtos a preços mais convidativos, sem ter que estar em filas ou perder muito tempo para se deslocar de loja em loja.
Contudo, muitos vendedores mal intencionados ao perceberem esta realidade, adaptam-se e utilizam cada vez mais a internet, através das redes sociais, para burlar financeiramente os consumidores ou apropriarem-se dos seus dados pessoais.
 O nosso entrevistado contou a nossa equipa de reportagem que cerca de 50.000Mts.
Outro facto preocupante revelado pelo levantamento mostra o excesso de informações postadas gratuitamente nas redes sociais 86% das pessoas publicam fotos de rostos em seus perfis, 69% publicam seu sobrenome e 28% declaram a escola ou seu local de trabalho.
É preciso haver diálogo e ter conhecimento de soluções que visam a protecção durante a navegação em redes sociais, evitando exposição desnecessária.
Segundo a vítima e contacto e a negociação burladores através da rede social facebook consumada a burla os criminosos ficaram incontactáveis.
Por: Marrane Nhatumbo
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.