MORREU AMÉLIA GUNE, CAMPEÃ AFRICANA DE BASQUETEBOL PELO MAXAQUENE

Amélia Gune, uma das melhores basquetebolistas que Moçambique viu nascer, morreu na terça-feira, vítima de doença.  
Resultado de imagem para Amelia Gune
O desaparecimento físico da antiga campeã africana pelo Maxaquene, em 1991, deixa o basquete moçambicano mais pobre, pois tratava-se de um dos emblemas vivos da modalidade. Amélia Gune, que já tinha deixado os campos, vivia nos Estados Unidos, para onde foi jogar e acabou por construir família. A ex-internacional da Selecção moçambicana, estava em Maputo de visita aos familiares e amigos.
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.