MAU COMPORTAMENTO DE AUTOMOBILISTAS, CAUSA DE SINISTROS EM MAPUTO

O mau comportamento dos automobilistas nas estradas aumenta o número de acidentes de viação na cidade de Maputo.


A falta do cumprimento do código da estrada por parte dos motoristas, o excesso de velocidade, condução no estado ébrio são factores que contribuem para o aumento dos acidentes de viação na via pública.
Segundo o relatório mundial sobre a segurança rodoviária, estima-se que cerca de 31,6% casos em cada cem mil habitantes, Moçambique lidera o índice de sinistralidades rodoviárias nos países lusófonos. O estudo publicado em genebra sandres no ano de 2015, refere que cerca de 1,744 pessoas morreram nas
estradas Moçambicanas em 2013. A organização mundial da saúde, analisou dados dos 180 países nas nações de língua portuguesa, apenas brasil, Timor-Leste e Portugal foram considerados os países falantes da língua portuguesa com mesmos índice de mortalidade na via púbica.
A equipa de reportagem da Rádio Coz Coop, no âmbito do terceiro objectivo de desenvolvimento sustentável a ser cumprido até 2030, procurou conversar com os cidadãos da cidade de Maputo sobre oque estaria por detrás dos elevados casos de acidentes de viação.
Nilton Américo, é da opinião que os motoristas andam mal porque querem chegar primeiro na praça.
Por sua vez  Neyma joana, refuta que nem todos os automobilistas conduzem mal.

Refira se que o estudo feito em 2015 pela organização Mundial da saúde, recomenda que haja uma 
acção urgente para que as nações africanas no seu todo baixem para a metade os casos de mortes e 
ferimentos em acidentes rodoviário ate 220.

Texto: Stefânia Cardoso.
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.