QUADRA FESTIVA - Sete funcionários do SENAMI penalizados por indisciplina no local de trabalho

O Serviço Nacional de Migração de Moçambique instaurou sete processos disciplinares a funcionários, devido a um incidente que impediu a saída de turistas de um cruzeiro que visitou Maputo.
Resultado de imagem para NAVIO EM Maputo
Segundo escreve O OBSERVADOR.PT, os sete processos disciplinares instaurados aos funcionários, deveu-se a um incidente que impediu a saída de turistas de um cruzeiro que visitou Maputo, anunciou o organismo.
Os funcionários em causa estavam em serviço no porto da capital, no dia 10 de dezembro, quando o navio Marshall Island atracou e acabou por zarpar horas antes do previsto, por impossibilidade de se emitirem vistos para visita à cidade, refere a informação consultada hoje pela Lusa.
De acordo com o Senami, Moçambique tem 44 postos de travessia habilitados a conceder o visto de fronteira, à taxa de 50 dólares norte-americanos.
Ainda segundo dados deste organismo, de janeiro a outubro, foram concedidas 39.474 entradas a cidadãos estrangeiros, com visto de fronteira, contra 31.470 do período homólogo, no ano passado, um aumento de 25%.
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.