Vendedeiras de Pão reclamam o tamanho e o preço de venda nas padarias a grosso

O preço de venda do pão na cidade de Maputo, está a infernizar a vida dos que deste alimento sobrevivem e ganham seu sustento. 
Efrigénia da Tristeza entrevistando uma das vendedeiras de pão e badjias - Missão Roque/28-11-2017
Esta constatação foi feita nesta terça-feira, quando nossa equipe de reportagem escalou a paragem da Missão Roque, nos bairros George Dimitrov e Zimpeto, onde muitos vendedores informais praticam suas actividades de venda de pão a retalho. Muitos vendedores dizem que o preço do pão que é praticado nas padarias diverge com a qualidade do pão produzido. Aliás segundo este grupo de venda a retalho, não negam o preço praticado, mas sim a qualidade que acaba influenciando negativamente no negócio, pois muitas pessoas olham para o pão e vêm qua o tamanho diminuiu, não compram mais. Para piorar a situação é que a cada dia que passa parece que fica mais impossível fazer aquele tipo de negócio, pois segundo os vendedores ouvidos pela nossa reportagem não há lucro se você acaba dias a tentar vender 100 pães.
Por outro lado, os vendedores dizem que o movimento reduziu drasticamente. esperavam que com a chegada do final do mês as coisas melhorassem, mas às vésperas do natal e fim de ano, parece que as pessoas estão a guardar dinheiro apenas para estes dois dias, explodem algumas vendedeiras de roupas usadas naquele ponto.

Acompanhe mais sobre esta reportagem a partir das 19h5minutos de hoje, aqui na Rádio Voz Coop na frequência modulada 91.4Mhz
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.