"Parem de nos matar", dizem ativistas no Quénia

Ativistas protestam contra violência policial em Nairobi e são violentados com balas reais e gás lacrimogéneo. Novas eleições presidenciais devem acontecer na próxima semana. 

www.wbca.st/B7AyPw


Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.