Pela primeira vez em Moçambique - Panificadora vai produzir mais de 2 milhões de pães por dia

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, inaugurou na manhã desta quinta-feira(21), no município da Matola, bairro Língamo, a maior unidade fabril de pão do país.
Numa cerimónia bastante concorrida, participaram do evento mais de 400 personalidades com destaque para o Ministro da Indústria e Comércio, Max Tonela, Governador da Província de Maputo, Raimundo Diomba, Edil da Matola, Calisto Cossa, Deputados da Assembleia da República, membros do Governo, partidos políticos e Panificadores.


Nyusi enalteceu o feito dos sócios da nova e maior panificadora, referindo que apesar dos desafios que o país enfrenta, a Espiga D´Ouro deve contribuir positivamente na melhoria do fornecimento do pão a mais de 4 milhões de consumidores da cidade e província de Maputo.
A Maior fábrica pão hoje inaugurada na Matola, foi aprovada pelo Governo através do então Centro de Promoção de Investimentos(CPI), contando com um accionaista moçambicano, a Premier Group, Lda e outro estrangeiro detentor de 50% do capital social.
Esta panificadora deverá responder consubstancialmente a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), dizendo que Moçambique ainda precisa aumentar os níveis de consumo do pão.
A Espiga D´Ouro entra em funcionamento na primeira quinzena de Outubro próximo, onde se prevê a produção de 2 milhões e meio de pães por dia.
A unidade fabril vai dar emprego a 1200 pessoas, para responder toda cadeia de produção e distribuição entre directos e indirectos, destacando a contrataçõa e formação de jovens numa proporção de 70% de homens e 30% de mulheres.
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.