Falha entrega da estrada Maputo-KaTembe

O sonho de ligar Maputo e KaTembe de carro, através da ponte, a partir de Dezembro, pode não se consumar devido a atrasos que se registam nos acessos da Malanga, na capital moçambicana. O cronograma inicial previa que o empreiteiro estivesse a trabalhar plenamente na Malanga desde Junho, mas até hoje a zona não está livre de vendedores informais e de algumas infra-estruturas de serviços básicos, com destaque para uma linha de transporte de energia eléctrica, que continuam por remover.Resultado de imagem para Estrada Maputo Katembe

Face ao cenário, a garantia que continua activa é de o tabuleiro estar montado até Dezembro, embora a ponte não possa ser usada devido à falta de estradas na sua parte norte.
Silva Magaia, Presidente do Conselho de Administração da Empresa de Desenvolvimento de Maputo Sul, citado pela edição de sábado do “Notícias', diz que o cronograma da obra será redefinido esta semana com o empreiteiro, a China Road and Bridge Corporation (CRBC), momento a parir do qual serão conhecidas as novas datas.
No que diz respeito às estradas de ligação, a fonte disse que pelo menos 90 dos cerca de 190 quilómetros tinham sido já asfaltados até o final do mês de Agosto, números que certamente sofreram avanços significativos desde lá. 
A rede de estradas que liga KaTembe à fronteira da Ponta D ́Ouro, Bela Vista e Boane inclui cinco pontes e três viadutos sobre a linha férrea, que, segundo Magaia, já foram concluídas.
Entretanto, o navio transportando os 57 módulos metálicos do tabuleiro da ponte Maputo/KaTembe deverá atracar no porto da capital moçambicana até ao final do mês, permitindo que a montagem decorra entre Outubro e Novembro.
No terreno, e enquanto o tabuleiro não chega a Maputo, proveniente da China, trabalha-se nos preparativos da sua instalação. Por exemplo, arrancou já a colocação dos cabos pendurais que vão prender o tabuleiro aos dois blocos de ancoragem.
De acordo com Magaia, a colocação dos cabos pendurais foi já executada em 40 por cento e constitui a última etapa dos preparativos para a montagem do tabuleiro. 
A grua que estará suspensa nos dois cabos principais e vai içar cada um dos 57 módulos do tabuleiro do navio até aos pendurais foi já testada e mostrou-se pronta para a operação, que será realizada entre Outubro e Novembro.

Fonte: SAPO
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.