Caso FDA - Setina Titosse nega todas acusações

A arguida Setina Titosse negou nesta quarta-feira(13), em sede do julgamento, todas as acusações que pesam sobre ela no caso do desfalque de cerca de 170 milhões de meticais (mais de 2 milhões e 700 mil dólares) do Fundo de Desenvolvimento Agrário (FDA) a partir da aprovação de um projecto de criação de linhas de crédito para o desenvolvimento de Pequenas e Médias Empresas (PME’s).


Resultado de imagem para Setina Titosse
Setina Titosse foi ouvida hoje pelo juiz Alexandre Samuel, da 7ª Secção do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo. A arguida era Presidente do Conselho de Administração (PCA) do FDA à data dos factos (2012 a 2015). O projecto por si aprovado, em 2012, visava a criação de gado bovino, proposto pelo co-arguido Brasilino Salvador, que à data dos factos era o chefe do Departamento Agro-pecuário do FDA. O Ministério Público (MP) acusa-a de ter subvertido os princípios e deveres que norteavam o exercício do cargo que ocupava, tendo visto no referido projecto uma oportunidade para se apropriar ilicitamente de fundos da instituição. O MP acusa-a ainda de ter convidado familiares, conhecidos e terceiros para se beneficiarem do tal crédito, tirando, daí, as referidas contrapartidas financeiras.

FONTE:SAPO
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.