“Boato” - Chupa Sangue agita o distrito de Milange na Zambézia

Polícia de Guarda Fronteira no Distrito de Milange na Zambézia alvejou esta segunda-feira (4), dois cidadãos quando tentava dispersar populares que pretendiam linchar um individuo acusado de ser chupa sangue. O facto ocorreu no povoado de Matage, localidade de Chitambo quando um grupo de populares neutralizou um individuo na posse de assessores de viatura, que confundiram com instrumentos, para extrair sangue do organismo humano.


A informação foi confirmada pelo Comandante distrital da PRM em Milange, Fernando António em entrevista telefónica. Fernando António, sem avançar muitos detalhes sobre o assunto, afirmou que a onda de desinformação sobre alegados chupa sangue está agitar o distrito de Milange. Luís Carlitos, umas das vítimas alvejadas pela Policia da Guarda Fronteira, está receber cuidados médicos no Hospital Distrital de Milange. Conta que teria sido interpelado por populares na comunidade de Matage, que o suspeitaram ser chupa Sangue. Na circunstância segundo suas palavras tinha uma pasta que continha assessores de uma viatura. A desinformação sobre Chupa-Sangue preocupa também as autoridades sanitárias naquele Distrito, que nos últimos dias desdobram se em campanha de sensibilização da população. O Director Distrital da Saúde, Mulher e Acção Social de Milange, 
Leonardo Mareço esclarece que a doação de sangue é uma actividade exclusivamente realizada por profissionais da saúde.


Por: Caetano Alberto, jornalista da Rádio Moçambique e PF do CAICC
(Zambezia)
Enviar um comentário
Com tecnologia do Blogger.